Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2011

Home cinema#1

Selecção de sábado à noite e gostei bastante. Love, love, love!

That's it!

Quando se começa a ter prazer em cozinhar, comprar uma machine destas deixa de fazer sentido!

Não tô tó ouvir... não tô tó ouvir...

Hoje tou como o tempo... que nem me diabo me sofre!

Louvade!!!

Não combina com a mobília... Paciência!

So...

Não é fácil acertar nestas coisas, mas o que é facto é que ontem olhei para fora do meu trabalho e pedi que o homem da minha vida passasse por lá, para vê-lo. E não deve ter passado 10 minutos e lá estava ele pela mão do seu pai, lindo, de cor de laranja, que assim que me viu correu para os meus braços para matarmos a saudade. Perguntei-lhe o que ia jantar e ele prontamente respondeu: "pimil" e "tatinhas"...
Depois foi embora lançando beijos, com a sua mão pequena, pela mão do seu pai.

Se eu podia ser uma tia menos babada?! Podia, mas não era a mesma coisa! :)

Trau#11

E sai uma tigela de cereais a ver se me passa a malcriação...

Primavera#1

I'm in heaven :)

Ter o fim-de-semana em casa, para mim. Tratar da casa, de roupas, fazer um bolo (que ficou uma delicia), estar com a minha mãe, rirmos toda a tarde, ir beber café numa tarde fria, conduzir, vir para casa, fazer chá, ver-me ao espelho e achar que estou bonita, gostar cada vez mais da minha companhia, amar a casa e o lar que construí para mim e pensar... Thank God, i'm in heaven!

Podia ter uma vida diferente... mas esta é boa e faz-me feliz! :)

À minha mãe...

Poema Melancólico a não sei que Mulher




Dei-te os dias, as horas e os minutos
Destes anos de vida que passaram;
Nos meus versos ficaram
Imagens que são máscaras anónimas
Do teu rosto proibido;
A fome insatisfeita que senti
Era de ti,
Fome do instinto que não foi ouvido.



Agora retrocedo, leio os versos,
Conto as desilusões no rol do coração,
Recordo o pesadelo dos desejos,
Olho o deserto humano desolado,
E pergunto porquê, por que razão
Nas dunas do teu peito o vento passa
Sem tropeçar na graça
Do mais leve sinal da minha mão...

Miguel Torga, in 'Diário VII'

Biscoita, a condutora!

Comemora-se hoje 5 anos de carta de condução.

Reuniões familiares!

Das coisas que me fazem mais feliz é ter a famélia toda junta e cozinhar para eles... Aqui fica uma amostra do almoçinho que fiz (sozinha!) para eles :)



Frango no forno
Legumes salteados e batatinhas no forno (não tem foto lol) Saladinha de fruta e banana para o Dinis.




And the Oscar goes to...

Her! Merecido, sim sra. Adorei o filme e o papelão desta senhora.